MEDIDAS DE RISCO PARA PROJETOS DE INVESTIMENTO EM ATIVOS REAIS

Paulo Henrique Soto Costa

Resumo


O Valor em Risco (VaR) é uma medida de risco criada para posições em ativos financeiros, que pode facilmente ser usada para medir risco corporativo numa abordagem de curto prazo. Este trabalho discute o uso do VaR e de outras medidas de risco para quantificar o risco de investimentos de longo prazo em ativos reais, tema importante, mas pouco abordado na literatura. A decisão de investimento da firma deve levar em conta não apenas o retorno esperado, mas também os riscos envolvidos: daí vem a importância de uma correta quantificação destes riscos. O trabalho compara duas maneiras alternativas para computar as medidas de risco: a partir das distribuições de Valor Presente Líquido (VPL) calculadas com a taxa adequada ao risco do projeto e com a taxa livre de risco. São usados como exemplo projetos fictícios, e conclui-se pela necessidade de empregar a taxa livre de risco para computar a distribuição de VPL. Mostra-se que a distribuição de VPL obtida com a taxa adequada ao risco do projeto – frequentemente usada em estudos de viabilidade econômica – pode levar a medidas de risco incorretas e, consequentemente, a decisões incorretas.

Palavras-chave


Risco corporativo; VaR; Perda esperada; Distribuição de VPL

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1414-915X (versão impressa)
ISSN 2358-4130 (versão digital)