A FILOSOFIA MORAL NA ECONOMIA POLÍTICA CLÁSSICA: O PENSAMENTO DE ADAM SMITH

Natasha Pergher Silva

Resumo


O presente artigo tem por objetivo analisar a fundamentação moral que pavimentou o surgimento da Economia Política Clássica, aqui analisada através da obra de Adam Smith. Para tanto, serão discutidos o contexto histórico e filosófico em que o pensamento econômico clássico é edificado, bem como a oposição entre duas visões filosóficas antagônicas – o egoísmo moral e o bem moral – as quais pavimentaram o pensamento ocidental e a constituição da obra de Adam Smith. Por fim, pretende-se mostrar que Smith, através de Teoria dos Sentimentos Morais e A Riqueza das Nações, conecta essas duas perspectivas em uma mediação capaz de articular o pensamento econômico à dimensão ética e ao desenvolvimento histórico do capitalismo.


Palavras-chave


Filosofia Moral; Economia Política Clássica; Adam Smith

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/synthesis.2015.25834

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1414-915X (versão impressa)
ISSN 2358-4130 (versão digital)