ADIVINHE QUEM VEM PARA JANTAR? O IMIGRANTE NEGRO NA SOCIEDADE BRASILEIRA

Elaine Pereira Rocha

Resumo


O Brasil é um país conhecido por suas políticas de tolerância racial e é notávelque os brasileiros nunca tenham experimentado as leis de segregação, exclusão, ou qualquer tipo de regulação que discrimine pessoas com base em sua origem racial. Os turistas estrangeiros e imigrantes muitas vezes comentam o quão acolhedora é a sociedade brasileira para com os forasteiros. A realidade, porém, é bem diferente do mito, numa sociedade em que pessoas negras sofrem discriminação racial, que lhes restringe a sua mobilidade social e econômica, herança da abolição tardia. No início do século XX, o Brasil recebeu milhares de trabalhadores, imigrantes europeus, altamente valorizados nasociedade brasileira, em contraste com o baixo status concedido a negros e mulatos. No mesmo período, os estados do norte receberam imigrantes negros caribenhos trazidos ao país por empresas britânicas entre 1900 e 1920. A análise dos desafios enfrentados por este pequeno grupo de imigrantes para a Amazônia, na sua busca de adaptação e assimilação, é assunto novo na historiografia brasileira. Hoje, um século mais tarde, o fenômeno se repetequando um novo grupo de imigrantes negros, os haitianos, que chegam à Amazônia após o terremoto de 2010, enfrentam os mesmos desafios. Este estudo tem como objetivo comparar as repercussões dessas correntes de imigração na sociedade brasileira.

Palavras-chave


Imigração; Racismo; Caribe; Integração; História dos negros

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/synthesis.2014.19585

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1414-915X (versão impressa)
ISSN 2358-4130 (versão digital)