A VIOLÊNCIA COMO A “LINGUAGEM QUE SE ESCUTA”

Sabrina Celestino

Resumo


http://dx.doi.org/10.12957/synthesis.2014.17012

Neste trabalho intenciona-se compartilhar algumas elaborações acerca da temática da violência que circunda o universo dos adolescentes brasileiros, inseridos em contextos de pobreza e na prática de atos infracionais. Buscamos refletir sobre o entendimento presente no imaginário social sobre o suposto perfil violento, expresso por estes adolescentes, que pouco considera as múltiplas determinações da violência e da prática de atos infracionais, sendo estas compreendidas como manifestações individuais de comportamentos desviantes.

 

 


Palavras-chave


Violência; Adolescentes; Atos infracionais

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/synthesis.2014.17012

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1414-915X (versão impressa)
ISSN 2358-4130 (versão digital)