Panorama do transporte ferroviário urbano no Brasil e no mundo

Vinicius Tischer

Resumo


Os impactos decorrentes de um modelo de transportes urbanos fundamentado no uso de carros particulares vêm causando inúmeras externalidades econômicas sociais e ambientais. Nesse sentido, há uma necessidade de repensar sobre novas abordagens e modais de transportes para o planejamento urbano de forma mais sustentável e que promovam melhorias na qualidade de vida, qualidade ambiental e promovam uma melhora na competitividade econômica dos municípios brasileiros. O artigo destacou a utilização de transporte ferroviário como modal promotor de impactos positivos no contexto urbano, tendo por objetivo determinar um panorama do transporte ferroviário urbano em nível mundial, relacionando características demográficas e a extensão da infraestrutura existente. Foi realizada compilação de dados de infraestrutura ferroviária urbana em municípios ao longo do mundo que apresentam esta infraestrutura implementada, correlacionando estes com variáveis demográficas, tais como a densidade demográfica, avaliando comparativamente com municípios brasileiros. Obtiveram-se resultados importantes que permitiram identificar as regiões com maior concentração da infraestrutura, por tipologia de capacidade de carga do modal ferroviário, além de gerar discussão acerca da utilização do modal no cenário brasileiro.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/ric.2018.31636

Direitos autorais 2018 Vinicius Tischer


 

ISSN: 2316-7041 | Indexada em:

 

Licença Creative Commons

A Revista Internacional de Ciências está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.