A cidade através do olhar metodológico de Benjamin / The city through Benjamin's methodological look

Fatima Gabriela Soares de Azevedo

Resumo


DOI: 10.1590/2179-8966/2020/51890

Resumo

Este artigo pretende relacionar metodologicamente a abordagem de Walter Benjamin sobre as cidades com sua teoria como um todo, bem como às possíveis implicações para investigações presentes do espaço urbano no capitalismo. Se nos estudos de Benjamin a cidade era o tangível das mudanças modernas capitalistas, no século XXI ela revela memórias de lutas do século XX e o aprofundamento da dinâmica da geração de lucro sob o neoliberalismo. Na introdução, a problemática é apresentada. A primeira parte do estudo reúne as categorias trabalhadas pelo filósofo nos textos sobre as cidades, como rastros, vestígios e memórias, que têm o potencial de evidenciar narrativas insurgentes. Qual é a metodologia de Benjamin para tratar o urbano? Esta é a pergunta fundamental. A segunda parte articula as conceituações com aspectos da obra benjaminiana que são comumente analisados em apartado ao seu trabalho sobre Paris, por exemplo – sua teoria do progresso, sua teoria do conhecimento. A terceira parte apresenta possibilidades de experimentação da metodologia benjaminiana na análise do capitalismo na periferia do século XXI, especialmente no Rio de Janeiro. Nas considerações finais, a obra do autor é avaliada em relação à sua pertinência para os estudos de crítica ao capitalismo atual.

Palavras-chave: Cidade; Walter Benjamin; Crítica ao capitalismo.

 

Abstract

This paper intends to methodologically relate Walter Benjamin's approach to cities with his theory as a whole, as well as the possible implications for present investigations of urban space in capitalism. If in Benjamin's studies the city was the tangible of modern capitalist changes, in the 21st century it reveals memories of struggles of the 20th century and the deepening of the dynamics of profit generation under neoliberalism. In the introduction, the problem that text adresses is presented. The first part of the study brings together the categories worked by the philosopher in texts about cities, such as traces, traces and memories, which have the potential to reveal insurgent narratives. What is Benjamin's methodology for treating the urban? This is the fundamental question. The second part articulates conceptualizations with aspects of Benjamin's work that are commonly analyzed in a section on his work on Paris, for example - his theory of progress, his theory of knowledge. The third part presents possibilities for the application of the Benjaminian methodology in the analysis of capitalism in the periphery of the 21st century, especially in Rio de Janeiro. In the final considerations, the author's work is evaluated in relation to its relevance for studies of criticism of current capitalism.

Keywords: City; Walter Benjamin; Capitalism critics.


Palavras-chave


Cidade; Walter Benjamin; Crítica ao capitalismo / City; Walter Benjamin; Capitalism critics.

Texto completo:

PDF
';



Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Rua São Francisco Xavier, 524, S-E - Maracanã - Rio de Janeiro (RJ), Brasil - CEP: 20.550-013 - Email: 
direitoepraxis@gmail.com - ISSN: 2179-8966