Experiências de greve no Estado Novo / Experiences of Strike in the Brazilian Estado Novo

Gustavo Silveira Siqueira

Resumo


DOI: 10.12957/dep.2015.16527

Resumo

O presente artigo tentar discutir a existência de experiências de greve no Estado Novo. Utilizando fontes primárias e inéditas no mundo acadêmico, problematiza-se a assertiva de alguns autores que afirmam a inexistência de movimentos grevistas no período. Desta forma procura-se demonstrar como o conceito e as experiências de greve podem ter se alterado e não desaparecido nos violentos anos da ditadura Vargas.

Palavras-chave: Greve no Estado Novo – Experiências jurídicas – Ditadura Vargas – História do Direito.

Abstract

This article try to discuss the existence of experiences of strike in the Estado Novo. Using primary sources unpublished in the academic world, the objective is problematizes some authors claim the absence of strike movements in the period. In this way it seeks to demonstrate how the concept of strike experiences may have changed and not disappeared in the violent years of the Vargas dictatorship.

Key-words: Strike in the Estado Novo – Legal Experiences – Vargas Dictatorship – Legal History.


Palavras-chave


Greve no Estado Novo, Experiências jurídicas, Ditadura Vargas, História do Direito / Strike in the Estado Novo, Legal Experiences, Vargas Dictatorship, Legal History.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/dep.2015.16527 ';



Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Rua São Francisco Xavier, 524, S-E - Maracanã - Rio de Janeiro (RJ), Brasil - CEP: 20.550-013 - Email: 
direitoepraxis@gmail.com - ISSN: 2179-8966