RESPOSTAS EDUCATIVAS PARA MENORES EM RISCO: ESTUDO DE CASO DUPLO DA INSTITUCIONALIZAÇÃO EM LARES DE INFÂNCIA E JUVENTUDE

João Pedro Gaspar, Joaquim Luís Alcoforado, Eduardo João Santos

Resumo


Este artigo dá conta de uma investigação centrada na compreensão das respostas sociais proporcionadas a menores em risco, levando em consideração a evolução histórica, bem como o enquadramento legal em vigor em Portugal e a nível europeu. Procurou-se aferir a condição das crianças e jovens em situação de acolhimento nos últimos anos em Portugal, através dos dados oficiais, caracterizando detalhadamente a população e a sua distribuição pelas várias respostas sociais. O artigo termina com particular incidência na análise a dois Lares de Infância e Juventude da região Centro de Portugal, procurando caracterizá-los, compreendendo a sua origem, organização, financiamento e outros aspetos relevantes para o seu funcionamento.

Palavras-chave: Crianças e jovens em risco; Institucionalização; Lares de Infância e Juventude; Acolhimento e integração social.


Texto completo:

PDF Ler no site


DOI: https://doi.org/10.12957/polemica.2015.16005