RUÍDO, PEÇA SONORA, RÁDIO EXTENDIDO: UM ESTUDO DE CASO DE BUGS & BEATS & BEASTS POR ANDREAS AMMER E CONSOLE, UM EXEMPLO DE RESILIÊNCIA DO HÖRSPIEL¹ ALEMÃO COMO FORMA DE ARTE RADIOFÔNICA

ANIA MAURUSCHAT

Resumo


Este estudo de caso de Bugs & Beats & Beasts (Insetos & Batidas & Animais) (1999)  de Andreas Ammer e Console expõe o desenvolvimento da arte radiofônica alemã  Hörspiel até as peças sonoras e adiante com o conceito de Rádio Extendido. Coloca que a liberdade/abertura do Hörspiel como um gênero específico da rádio-arte, favoreceu uma resposta quase imediata às transformações culturais e tecnológicas envolvendo o radio como mídia. Assim, esta peça sonora exemplar foi capaz de articular sismogràficamente a ascensão da sociedade de redes, sua lógica de enxame e a evolução do meio radio, muito antes que estas sérias mudanças fossem entendidas por um publico mais amplo. Ela o faz através de “ruídos” com diferentes significados e ressaltando a resiliência do meio rádio em três níveis: os níveis estético, tecnológico e espacial.

Texto completo:

PDF Ler no site


DOI: https://doi.org/10.12957/polemica.2014.10610