Entre os significados internos e externos: a totalidade oculta da vida e a experiência literária

Amanda Moury Fernandes Bioni

Resumo


O presente artigo objetiva realizar uma breve análise sobre a convencionalidade, relativa à empreitada literária, em funcionar como um objeto de conhecimento da condição humana, especialmente, no contexto contemporâneo. Dessa maneira, a relação entre o interno e o externo é discutida, tendo em vista os gêneros literários modernos, como o romance e o poema em prosa, observando suas capacidades de representação das circunstâncias humanas, à proporção que sinaliza, assim, uma relação de causa e de consequência entre a expressão particular (localizada) e os significados universais.


Palavras-chave


Estudos literário. Texto e contexto. Totalidade oculta da vida.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/palimpsesto.2020.42966

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Amanda Moury Fernandes Bioni

 


ISSN 1809-3507 | DOI: 10.12957/palimpsesto


Palimpsesto é uma publicação do corpo discente do Programa de Pós-Graduação em Letras da UERJ:

UERJ >> Instituto de Letras >> Programa de Pós-graduação em Letras

 


Indexado nas seguintes bases:

 

Periodicos CAPES Latindex Find in a library with WorldCat MLA Livre MIAR ResearchBib BASE Logo UF Libraries University of Texas Libraries  Library Logo UCLA Library University of Wisconsin - Madison Libraries EZB


Licença Creative Commons

A Palimpsesto utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.