A construção dos referentes da batalha do centro cívico: O embate entre policiais e professores sob a perspectiva do jornal gazeta do povo

Ismael Alves

Resumo


Jornal com ampla circulação no estado do Paraná, o Gazeta do Povo publicou, nos meses de abril e maio de 2015, textos referentes ao evento que ficou conhecido como a “Batalha do Centro Cívico”. Neste artigo, nos propomos a analisar a construção dos referentes envolvidos nesta Batalha, a saber, governador Beto Richa (PSDB), policiais, professores sindicalistas, deputados paranaenses e praça do Centro Cívico. Nosso objetivo é identificar o posicionamento do jornal diante do fato, principalmente, de que modo o Gazeta expressou sua opinião, se por meio de uma valoração positiva ou negativa dos referentes. Para isso, adotamos como fundamentação teórica, principalmente, os pressupostos de Fávero e Koch (2012), Koch (2011; 2013; 2014; 2015) e Mondada e Dubois (2003 [1995]). Nosso corpus é constituído por quatro textos publicados pelo jornal online, onde analisamos as expressões nominais que constroem os referentes. Constatamos que eles são, preponderantemente, construídos com uma carga valorativa negativa.


Palavras-chave


linguística textual; referenciação; batalha do centro cívico

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Ismael Alves

 


ISSN 1809-3507 | DOI: 10.12957/palimpsesto


Palimpsesto é uma publicação do corpo discente do Programa de Pós-Graduação em Letras da UERJ:

UERJ >> Instituto de Letras >> Programa de Pós-graduação em Letras

 


Indexado nas seguintes bases:

 

Periodicos CAPES Latindex Find in a library with WorldCat MLA Livre MIAR ResearchBib BASE Logo UF Libraries University of Texas Libraries  Library Logo UCLA Library University of Wisconsin - Madison Libraries EZB


Licença Creative Commons

A Palimpsesto utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.