A análise da atividade como meio para a formação no trabalho em saúde

Roberta Pereira Furtado da Rosa, Claudia Osorio da Silva, Maria Elizabeth Barros de Barros

Resumo


Trata-se de uma pesquisa-intervenção que objetiva discutir a formação para o trabalho em saúde nas instituições de ensino superior (IES) no âmbito das políticas públicas. Para isso, faz-se uma análise da atividade de participação discente e docente em um Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET Saúde) desenvolvido em uma IES. A análise é mediada por instrumentos grupais e pelo diário de campo. Os referenciais da clínica da atividade e da análise institucional direcionam o estudo, e este segue uma diretriz ético-política que pensa a formação com base nas experiências concretas nos serviços de saúde. As práticas vividas nesse PET Saúde destacam o desenvolvimento de uma gestão lateralizada dos processos de trabalho, facilitados pela política indutora de reorientação profissional em saúde que esse programa assume. Tal modo de gestão aponta para o trabalho interprofissional na perspectiva da integralidade do cuidado, formando continuamente todos que participam desse processo.

 

 


Palavras-chave


trabalho em saúde; formação; clínica da atividade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.