O surfe brasileiro e as mídias sonora e audiovisual nos anos 1980

Rafael Fortes

Resumo


Esporte midiático por excelência, o surfe estabeleceu uma série de relações com a cultura (música, televisão, cinema), incluindo imbricações com a cultura pop. Estas manifestações foram fundamentais para a divulgação da modalidade e a construção de uma imagem em torno da mesma para o público externo, assim como a discussão e a configuração de valores para os membros de sua subcultura. No Brasil, este processo teve notável força durante a década de 1980. O artigo mapeia as imbricações entre surfe e mídias sonora e audiovisual no período, tendo como fonte principal a revista Fluir.

Palavras-chave


surfe; revista Fluir; rádio; cinema; Armação Ilimitada

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/logos.2010.862

Indexada em:Latindex . Sumarios.org . Univerciência. Doaj
Rua São Francisco Xavier, 524 -10 º Andar - Sala 10129 Bloco F - Maracanã - Rio de Janeiro - RJ
cep: 20550-013 - e-mail: logos@uerj.br