Patroas vs empregadas: o conflito das classes retratado nas telenovelas

Florentina Neves Souza, Lucas do Carmo Dalbeto

Resumo


A relação entre patroas e empregadas constitui uma privilegiada situação para a discussão sobre os conflitos de gênero e classe, uma vez que está inserida em um contexto considerado essencialmente feminino, o ambiente doméstico. Diante deste cenário, Preuss (1997) e Kofes (2001) realizaram, em diferentes épocas, estudos que exploravam esta relação. Suas pesquisam evidenciam que os conflitos gerados entre patroas e empregadas domésticas são um reflexo da disputa entre as classes pelo domínio do poder simbólico. Com base nos resultados obtidos pelas autoras e utilizando o conceito de poder simbólico do teórico Pierre Bourdieu, é feito um estudo da representação das classes nas tramas das telenovelas Cheias de Charme e Avenida Brasil exibidas pela Rede Globo em diferentes horários no ano de 2012.

Palavras-chave


Comunicação. Telenovela. Poder simbólico.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/logos.2013.7714

Indexada em:Latindex . Sumarios.org . Univerciência. Doaj
Rua São Francisco Xavier, 524 -10 º Andar - Sala 10129 Bloco F - Maracanã - Rio de Janeiro - RJ
cep: 20550-013 - e-mail: logos@uerj.br