Arquiteturas afetivas, moradas de imagens: conversa com o artista Alexandre Sequeira

Vinicios Kabral Ribeiro, Beatriz Morgado de Queiroz, Diego Paleólogo Assunção

Resumo


A conversa, aqui transcrita, aconteceu virtualmente no dia 14 de setembro de 2020. Sequeira apresentou sua tese “Residência São Jerônimo: entre o acontecimento, a memória e a narrativa”, defendida em 18 de fevereiro de 2020. A casa familiar, entre tantas reminiscências, detalhes e vestígios, onde vive atualmente, transformou-se em uma residência artística, aglutinando, em momentos distintos, 11 artistas. Alexandre Sequeira fez uma exposição inicial, sobre a tese, seguida de uma conversa com os presentes. Transcrevemos as perguntas que surgiram após a apresentação de Sequeira. O encontro foi aberto e estiveram presentes ouvintes não vinculados ao grupo de pesquisa.

Palavras-chave


comunicação; visualidades; fotografia contemporânea

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/logos.2020.55823

Indexada em:Latindex . Sumarios.org . Univerciência. Doaj
Rua São Francisco Xavier, 524 -10 º Andar - Sala 10129 Bloco F - Maracanã - Rio de Janeiro - RJ
cep: 20550-013 - e-mail: logos@uerj.br