Acontecimento e narrativas midiáticas: elos entre a tragédia do Maracanaço e o vexame da Copa do Mundo de 2014

Magnos Cassiano Casagrande, Ada Cristina Machado Silveira

Resumo


O presente texto discute, em âmbito teórico, a relação entre acontecimento e narrativa midiática. Através de Louis Quéré, situa-se o acontecimento na dialética da experiência, originária da interação entre sujeitos e acontecimentos. Pensa-se a narrativa como um lugar de manifestação e representação das culturas e das ações dos sujeitos sobre o mundo. Volta-se para a narrativa por meio da tríplice mimese de Paul Ricoeur. No âmbito analítico, o texto realiza incursões e interpretações acerca da derrota da seleção brasileira de futebol para a seleção alemã por sete gols a um na semifinal da Copa do Mundo de Futebol de 2014 e busca compreender como as capas de alguns jornais brasileiros produzem uma ressignificação do revés do Brasil na Copa de 1950, conhecido como Maracanaço.


Palavras-chave


Acontecimento; Narrativas midiáticas; Copa do Mundo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/logos.2016.22285

Indexada em:Latindex . Sumarios.org . Univerciência. Doaj
Rua São Francisco Xavier, 524 -10 º Andar - Sala 10129 Bloco F - Maracanã - Rio de Janeiro - RJ
cep: 20550-013 - e-mail: logos@uerj.br