Le corps entre utopie et hétérotopie

Frédéric Rambeaud

Resumo


Em uma transmissão radiofônica de 1966, Foucault nos convidava a reconhecer no corpo um lugar de utopia. Por meio de uma linha de pensamento pessoal, acadêmica e fenomenológica, o ouvinte é levado a perder a imagem tradicional do corpo como “topie impitoyable” para uma experiência de um corpo vivido como o modelo mesmo de todas as utopias. O ensaio promove uma discussão a partir das proposições de M. Foucault.

Palavras-chave


Comunicação; Filosofia

Texto completo:

PDF


Indexada em:Latindex . Sumarios.org . Univerciência. Doaj
Rua São Francisco Xavier, 524 -10 º Andar - Sala 10129 Bloco F - Maracanã - Rio de Janeiro - RJ
cep: 20550-013 - e-mail: logos@uerj.br