Atribuição e negociação de identidades em festas BDSM no Rio de Janeiro

Marília Loschi de Melo

Resumo


O BDSM é um conjunto de práticas e representações constantemente referido ao universo do sadomasoquismo e do fetichismo. O objetivo geral de minha dissertação de mestrado é produzir uma etnografia sobre festas BDSM no Rio de Janeiro, onde os frequentadores se reúnem para praticar o fetichismo e o sadomasoquismo, sendo que a festa também é aberta a não-praticantes, que podem simplesmente observar. No presente trabalho, exponho brevemente meu percurso metodológico e introduzo uma discussão sobre identidade. A intenção é refletir sobre os processos de atribuição e negociação de identidades no meio BDSM, tendo como ponto de partida três categorias identitárias encontradas no campo: “dominadores”, “submissos” e “switchers” (que ora atuam como “dominadores”, ora como “submissos”). O material etnográfico que utilizo vem da observação participante em três festas sadomasoquistas diferentes, além de conversas no próprio espaço da festa e pela Internet (com pessoas que conheci nas festas).

Palavras-chave


Sadomasoquismo; Fetichismo; festa BDSM; identidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/intratextos.2010.410

E-mail para contato com os editores: revista.intratextos@gmail.com

PPCIS/UERJ: Rua São Francisco Xavier, 524 - 9º andar - Sala 9037 - Bloco F

CEP: 20550-900 - Maracanã - Rio de Janeiro

Telefone: (21) 2334-0678 / Ramal 27


ISSN 2176-6789

 

Indexações

Revistas Online – UERJ; Revistas brasileiras – SEER; Latindex; Sumários de Revistas Brasileiras; Journals4Free e Periódicos Capes