CIÊNCIA E ARTE NAS ESTRATÉGIAS ARGUMENTATIVAS DE PAUL FEYERABEND

Francine Marcondes Castro Oliveira, Cristina de Amorim Machado, Ourides Santin Filho, Valdeni Soliani Franco

Resumo


Este artigo pretende apresentar algumas das estratégias argumentativas de Paul Feyerabend, nas quais ele costuma usar procedimentos artísticos combinados aos científicos para refletir sobre as relações entre ciência e arte. Nossa pesquisa bibliográfica identificou as seguintes estratégias: crítica imanente, análise linguística, reductio ad absurdum, investigação histórica, imagens, diálogos, atuação e histórias simples. Além de uma descrição didática dessas estratégias, fornecemos exemplos delas em vários textos de Feyerabend, e também uma nova categoria: as narrativas arquetípicas. O presente texto pode funcionar como um guia de leitura para a obra de Feyerabend.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/emconstrucao.2019.46054

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Francine Marcondes Castro Oliveira, Cristina de Amorim Machado, Ourides Santin Filho, Valdeni Soliani Franco

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Programa de Pós-Graduação em Filsofia da UERJ

ISSN (online): 2526-5792

 

Licença Creative Commons
Em Construção está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Os Direitos Autorais dos artigos publicados na Revista Em Construção pertencem ao(s) seu(s) respectivo(s) autor(es), com os direitos de primeira publicação cedidos à Revista. Toda vez que um artigo for citado, replicado em repositórios institucionais e/ou páginas pessoais ou profissionais, deve-se apresentar um link para o artigo disponível no site da Revista Em Construção.


Endereço: Rua São Francisco Xavier, 524, sala 9037 – bloco F. Maracanã – Rio de Janeiro. CEP: 20550-900

E-mail: emconstrucaorevista@gmail.com