Chamada para trabalhos – Dossiê Afetividade Epistêmica

Chamada para trabalhos – Dossiê Afetividade Epistêmica

Organizadores: Dra. Mônica Ferreira Corrêa (Pós-Doutoranda UFRJ)

Dr. Róbson Ramos dos Reis (Professor Universidade Federal de Santa Maria)

 

Recentes desenvolvimentos nas ciências e na filosofia da afetividade permitiram a elaboração de insights sobre o papel epistêmico dos afetos na atividade cognitiva. Explicitamente reconhecido por William James, o papel epistêmico dos sentimentos e das emoções tem sido identificado como decisivo na formação de disposições e atitudes filosóficas de base, como a “curiosidade”, a “coragem intelectual”, o “amor pela verdade”, o “espanto” etc., gerando inclinações ou resistências ao compromisso com noções fundamentais, com estratégias argumentativas e com o engajamento em controvérsias. Já recentes teorias das emoções (tanto cognitivistas, quanto construtivistas-dimensionais e das emoções básicas) revelaram a oposição entre racionalidade e emoção como um pseudoproblema. A formulação das noções de intencionalidade afetiva e de sentimentos corporais pré-intencionais dotaram a teoria da afetividade de um potencial teórico ainda não integralmente explorado. Nas Ciências Cognitivas não redutivas, a noção de cognição estendida, imersa, corporificada, enativa e afetiva forneceu o marco teórico para um programa de pesquisa sobre a natureza e o escopo do papel epistêmico dos afetos nos mais diversos campos da atividade teórica. Os fenômenos da atmosfera, sentimento de background, sentimento psíquico e sentimento existencial representam, nesse sentido, um domínio ainda pouco explorado no que tange ao papel de tais afetos na formação de disposições e atitudes epistêmicas.

O presente número, 12ª edição, da revista Em Construção: arquivos de epistemologia histórica e estudos de ciência promove o estudo de casos, a elucidação conceitual e o uso de metodologias de pesquisa empírica para investigar as funções, o alcance e os potenciais crítico e construtivo dos fenômenos afetivos no domínio da atividade teórica, científica e filosófica. A Revista também estimula a submissão de textos dedicados ao desenvolvimento histórico das ideias, teorias e modelos envolvidos no tema, assim como, resenhas de obras relevantes.

Como linhas de contribuições, são sugeridas as seguintes direções temáticas: 

  • Revisões sobre a função epistêmica dos fenômenos afetivos
  • Afetividade e história da ciência e da filosofia
  • Afetividade e justificação epistêmica
  • Educação teórica e elucidação reflexiva da afetividade
  • O papel crítico da reflexão sobre a afetividade
  • Controvérsias teóricas e afetividade
  • Prática científica e afetividade
  • Lógica e afetividade
  • Cognição 4EA e afetividade epistêmica.
  • Afetividade e normatividade na atividade teórica
  • Afetividade, ciência básica e aplicada.
  • Emoções e conhecimento
  • Emoções e sentimentos epistêmicos

O período de submissões ocorrerá entre 24/05/21 e 09/10/22, com publicação prevista para dezembro de 2022.