ALGUMAS REFLEXÕES SOBRE MARKETING TELEVISIVO: o olhar de nutricionistas sobre um filme de alimento industrializado

Andréa Siliveste Brasil Villagelim, Shirley Donizete Prado

Resumo


Diante do cenário atual de debates acerca da regulamentação de comunicações comerciais relativas a alimentos industrializados para crianças, dos crescentes níveis de obesidade na população mundial e da reduzida produção acadêmica sobre o tema, buscamos discutir alguns significados presentes do marketing televisivo de alimentos industrializados a partir do olhar de profissionais do campo da Alimentação e Nutrição. Foi realizado um grupo focal com nutricionistas estudantes ou docentes do Curso de Especialização em Nutrição Materno-Infantil oferecido pelo Instituto de Nutrição da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, que teve por objeto um filme comercial de cereal matinal dirigido a crianças e adolescentes. O filme vende fantasias, humaniza animais fazendo uso de meias verdades que conduzem à aproximação entre necessidades de vida, existenciais mesmo, e o produto, ou seja, a realização do consumo. Do ponto de vista da saúde, em nome desses estilos de vida veiculados, aspectos centrais das políticas de promoção da saúde e de prevenção de doenças de relevância mundial – como a prática regular de atividade física e adesão a práticas alimentares saudáveis – ficam diluídos em meio a sonhos de soluções fáceis e rápidas para os projetos de vida feliz.


Palavras-chave


Marketing; Televisão; Cereal matinal;Alimento industrializado

Texto completo:

PDF