O processo de esvaziamento industrial em São Gonçalo no século XX: auge e declínio da “Manchester Fluminense”

Victor Leonardo de Araújo, Hildete Pereira de Melo

Resumo


<doi>10.12957/cdf.2014.11532

O artigo tem por objetivo descrever o processo de esvaziamento industrial do Município de São Gonçalo, localizado na Região Metropolitana do Estado do Rio de Janeiro. Outrora um dos mais importantes parques industriais do Estado – tendo recebido a alcunha de “Manchester Fluminense” – o processo de industrialização, construído de forma “espontânea” pelo setor privado, não teve fôlego e já na década de 1970 começaram a aparecer os primeiros sinais de sua decadência industrial. Entre as causas apontadas, a mais importante parece ter sido a negligência da ação estatal no município, nas três esferas, seja pela precariedade da infraestrutura, seja pela escolha de outras regiões fluminenses para abrigar investimentos estatais de maior fôlego, deslocando para essas regiões o dinamismo industrial do Estado.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/cdf.2014.11532

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons

A revista Cadernos do Desenvolvimento Fluminense está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.