CARTAS DE CONTROLE MULTIVARIADAS: ESTUDO DE CASO EM VINÍCOLAS ITALIANAS

Tassia Henkes Maciel, Gabriela Musse Branco, Liane Werner

Resumo


DOI: 10.12957/cadest.2014.18277

Diante de um ambiente cada vez mais competitivo, as empresas devem adotar uma linha de trabalho orientada para qualidade. Nos processos produtivos, o monitoramento e controle da variabilidade são fundamentais para a melhoria da qualidade. Com processos sob controle, os produtos apresentam mais qualidade e a linha de produção mais produtividade. Neste contexto, o controle estatístico do processo, através da utilização das cartas de controle, é requisito para as organizações que buscam reduzir a variabilidade dos processos a fim de aumentar a qualidade dos produtos e reduzir seus custos. As cartas de controle univariadas, mais especificamente para variáveis e atributos, monitoram características da qualidade independentes. Embora amplamente utilizadas, em alguns contextos específicos elas falham, sendo mais indicada a utilização de cartas de controle multivariadas, onde as características da qualidade monitoradas são dependentes entre si. Com isso, este artigo tem por objetivo fazer uma revisão bibliográfica sobre as cartas de controle multivariadas e realizar um estudo de caso aplicado no controle estatístico de processo produtivo de vinícolas italianas.

Palavras-chave: Controle Estatístico do Processo; Carta de Controle Multivariada; Qualidade do Vinho.



Texto completo:

PDF

Referências


ALT, F.B. Multivariatre Quality Control. The Encyclopedia of Statistical Sciences. New York: John Wiley & Sons, Inc., 1985.

COSTA, A. B., EPPRECHT, E. K., & CARPINETTI, L. R. Controle Estatístico da Qualidade (2 ed.). São Paulo: Atlas: 2004.

FORINA, M. ET AL, PARVUS An Extendible Package for Data Exploration, Classification and Correlation. Institute of Pharmaceutical and Food Analysis and Technologies. Genova: 1991.

GIL, A. C. Como Elaborar Projetos de Pesquisa (5 ed.). São Paulo: Editora Atlas, 2010.

LOWRY, C.A., MONTGOMERY, D.C.; A Review of Multivariate Control Charts. IIE Transactions. Vol.26, 1995.

MONTGOMERY, D. C. Introdução Ao Controle Estatístico Da Qualidade (4 ed.). Rio de Janeiro: LTC, 2009.

R Core Team (2012). R: A Language and Environment For Statistical Computing. R Foundation for Statistical Computing, Vienna, Austria. ISBN 3-900051-07-0.

RIBEIRO, J. D., & TEN CATEN, C. S. Série monográfica qualidade: Controle estatísico do processo. Porto Alegre: FEENG/UFRGS, 2012.

SCRUCCA, L. Quality Control Charts: Package ‘qcc’. Version 2.3. Disponível em Acesso em 2014.




DOI: https://doi.org/10.12957/cadest.2014.18277

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Apoio

ISSN impresso: 1413-9022 / ISSN on-line: 2317-4536

DOI do periódico: dx.doi.org/10.12957/cadest


Licença Creative Commons Este revista está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.