Do Vinil ao Mp3: análise evolutiva das embalagens de discos no Brasil

Ricardo Marques Sastre, Marcelo Martel

Resumo


O presente artigo tem por objetivo a descrição de um estudo sobre as capas de discos, que são as embalagens das plataformas de gravação, e suas relações com a evolução da música no Brasil. Para tanto, foram analisados aspectos históricos dos formatos em que eram registradas as músicas, os tipos de materiais utilizados na confecção das embalagens e os apontamentos sobre o design e os designers das capas de discos. Os resultados apontem que os materiais utilizados nas capas de discos foram adaptados aos novos formatos, tiveram suas matérias-primas modificadas e seus métodos de produção e design aperfeiçoado.

Palavras-chave


Design, Embalagem, Música Brasileira

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/arcosdesign.2016.13586

Apontamentos

  • Não há apontamentos.