Gênero, família e Estado: cuidado de crianças, pandemia e a gestão da (não) reabertura escolar

Laura Lowenkron

Resumen


O artigo explora as articulações entre gênero, família e Estado a partir do tema do cuidado de crianças durante a pandemia de covid-19 e tendo como recorte empírico um estudo de caso das controvérsias em torno da gestão da (não) reabertura escolar no município do Rio de Janeiro. O objetivo é analisar a construção desse problema social para tomar os termos de sua constituição na esfera pública e as formas de gestão adotadas como objeto de uma análise crítica feminista ancorada em uma ética do cuidado

Palabras clave


crianças; gênero; cuidado; covid-19; reabertura escolar



Fuentes de indización:

SciELO Brasil - Scientific Electronic Library Online

LATINDEX - Sistema regional de información en línea para revistas científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal

CLASE - Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades

DOAJ - Directory of Open Access Journals

REDALYC - Red de Revistas Científicas de América Latina y El Caribe, España y Portugal

 

Patrocínios:

UERJ - Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2009-2020)

FORD FOUNDATION (2009/2010/2011)

IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, Brasil (2012)

FAPERJ - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro, Brasil (2012/2013/2014)

CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, Brasil (2013/2014/2015/2019)

CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, Brasil (2013/2017/2018)

CEPESC - Centro de Estudos e Pesquisa em Saúde Coletiva (2016)