UMA ANÁLISE DO MONSTRO MORAL NO CONTO “MADRUGADA NEGRA”, DE VIRIATO CORREIA: APRESENTANDO A CATEGORIA ESPACIAL COMO ELEMENTO DE CONSTRUÇÃO DO INSÓLITO FICCIONAL

Conteúdo do artigo principal

Soraya de Melo Barbosa Sousa
Gnaína Carneiro

Resumo

Resumo: Este artigo propõe um olhar sobre a produção literária do autor maranhense Viriato Correia, a partir da leitura do conto “Madrugada negra”, que integra a sua obra Novelas doidas (1921), sob o viés da literatura fantástica e suas mais recentes concepções. Apresentamos um recorte do trabalho de conclusão de curso, produzido, a partir da pesquisa desenvolvida no Projeto de Iniciação Científica – PIBIC/UEMA-22/23 – acerca da manifestação do insólito na produção do referido autor. Tem por objetivo analisar a manifestação do insólito na narrativa do conto “Madrugada negra”, da obra Novelas doidas, de autoria do maranhense Viriato Correia. Investigamos as categorias personagem e espaço como elementos fundamentais para a produção de sentidos por parte do leitor na configuração do monstro moral. O estudo caracteriza-se como bibliográfico, com procedimentos de análise qualitativa à luz da literatura fantástica, com ênfase no insólito ficcional, a partir de teóricos e pesquisadores tais como: Todorov (1981), García (2007), Roas (2014), Gama-Khalil (2012) e França (2012), entre outros. A análise nos fez compreender que o insólito se manifesta na obra, a partir da construção do espaço e das ações narradas pelo protagonista que levam o leitor a uma reflexão sobre as fronteiras entre a realidade e a quebra dos princípios racionais que regem a sociedade e as relações que o homem trava com seu semelhante para não ser desmascarado socialmente.


Palavras-chave: Espaço ficcional. Insólito ficcional. Literatura fantástica. Monstro moral. Viriato Correia


 

Detalhes do artigo

Como Citar
SOUSA, Soraya de Melo Barbosa; CARNEIRO, Gnaína dos Anjos. UMA ANÁLISE DO MONSTRO MORAL NO CONTO “MADRUGADA NEGRA”, DE VIRIATO CORREIA: APRESENTANDO A CATEGORIA ESPACIAL COMO ELEMENTO DE CONSTRUÇÃO DO INSÓLITO FICCIONAL. Abusões, Rio de Janeiro, v. 23, n. 23, 2024. DOI: 10.12957/abusoes.2024.79321. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/abusoes/article/view/79321. Acesso em: 22 jul. 2024.
Seção
Abismo e vertigem: dinâmica da personagem na ficção fantástica
Biografia do Autor

Soraya de Melo Barbosa Sousa, Universidade Estadual do Maranhão -UEMA/Universidade Estadual do Piauí - UESPI

Profa. Dra. Adjunta II -Departamento de Letras