Efeitos de contexto e comunicação nas representações sociais sobre o corpo / Context and communication effects on social representations about the body

Brigido Vizeu Camargo, Ana Maria Justo, Catarina Durante Bergue Alves, Adriano Schlösser

Resumo


RESUMO: Considera-se importante estudar a comunicação na construção e transmissão das representações sociais (RS) e a gênese destas no contexto comunicacional onde são constituídas, envolvendo o contexto interacional no qual elas se expressam e ganham vida. Esta pesquisa investigou os efeitos do contexto interacional nas representações sociais sobre o corpo e o papel da comunicação na produção de diferentes RS. Por meio de delineamento quase-experimental, com manipulação do contexto pela apresentação de audiovisuais (enfocando o corpo em dois contextos: saúde e beleza) e do tipo de comunicação (indireta e direta), realizou-se grupos-focais e teste de evocações livres pré e pós-discussão. Participaram 79 homens e mulheres, divididos em 16 grupos. A interação grupal foi classificada e o material verbal dos grupos focais foi transcrito e o conteúdo categorizado com o auxílio do software “Atlas Ti” e as evocações realizadas anterior e posteriormente aos grupos-focais foram submetidas à Análise Lexicográfica e Análise Fatorial de Correspondência. Pode-se verificar efeito dos contextos saúde e beleza na ativação das representações sociais, com a diferença central residindo no papel atribuído ao corpo e tendo como elemento central em ambos os contextos o elemento “saúde”. Quanto ao efeito comunicacional, observou-se tendência à evocação de elementos concretos e pragmáticos no primeiro momento, com um maior número de conteúdos diferentes evocados; e aumento de elementos subjetivos, complexificação do conteúdo, e coesão das respostas após a comunicação direta. Destaca-se a implicação da situação de interação na emergência das RS sobre o corpo.

Palavras-chave: corpo; representação social; contexto; comunicação; experimento.

 

ABSTRACT: It is considered important to study communication on the construction and transmission of social representations (SR) and the genesis of those representations on the communicational context where they are constituted, which involves the interactional context where they are expressed and come to life. This research explored the effects of the interactional context on the social representations about the body and the role of communication on the production of different SR. Utilizing a quasi-experimental design with an audio-visual presentation in order to manipulate the context (presenting the body focused either on a health context or a beauty context), we carried out focus groups and free evocation tests pre and post discussion. Seventy-nine men and women participated on the research and were divided into 16 groups. The group interaction was classified and the verbal material of the groups was transcribed and the content categorized with the help of Atlas Ti software, and the evocations done before and after the focus groups were submitted to a Lexicographic Analysis and Correspondence factor Analysis. The effect of the health and beauty contexts can be verified on the SR the activation, the main difference resides on the role attributed to the body and having “health” as a central element on both contexts. Regarding the communicational effect, the tendency to evoke concrete and pragmatic elements, with a higher number of different contents evoked, could be observed on the first moment; as opposed to a growth on the amount of subjective elements, content complexity, and response cohesion after the direct communication. We call attention to to implication of the interaction situation on the formation of the SR of the body.

Keywords: body; social representation; context; communication; experiment.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/psi.saber.soc.2013.6926