Olegário, M. e Fernandes, A. H. (2016) “CONTAR FILMES E/OU AUDIODESCREVER – REFLETINDO SOBRE O ACESSO A FILMES PARA JOVENS CEGOS”, Revista Teias, 17(44), p. 51–66. doi: 10.12957/teias.2016.24579.