da Penha de Mendonça Coelho, B. e de Souza Matos, F. (2021) “A amplitude axiológica da categoria trabalho: contra o trabalho (estranhado) e pelo trabalho (substancialmente livre)/ The axiological amplitude of labour: against the (estranged) labour and for the (substantially free) labour”, Revista Direito e Práxis, 12(2), p. 803–829. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/revistaceaju/article/view/47847 (Acessado: 28 fevereiro 2024).