SOBRE A RELAÇÃO ENTRE EPISTEMOLOGIAS E A ROSA DOS VENTOS

Douglas Santos

Resumo


Tenho acompanhado com alguma distância as proposições do sr. Boaventura de Souza Santos desde seu Pela Mão de Alice e seus esforços em justificar, identificar ou redefinir os diferentes significados de pós modernidade. Sem dúvida trata-se de um dos autores portugueses contemporâneos dos mais prolixos quando se trata de temas associados a política, sociologia, filosofia ou algo que possa ter algum nome associado a esses. Nas últimas semanas, um de seus artigos chamou minha atenção a ponto de provocar a necessidade de tecer comentários diretos sobre suas proposições: o que trata do conceito de Iluminismo e retoma a noção de uma epistemologia do sul. Para dialogar com o texto de Souza Santos, acabei optando pelo caminho mais longo e tortuoso (principalmente para aqueles que, como eu, já leram o texto aqui comentado): resolvi acompanhar parágrafo por parágrafo, proposição por proposição, inserindo aqui e ali os comentários que considerei pertinentes. Os textos de Souza Santos estão em itálico.


Texto completo:

182-196


DOI: https://doi.org/10.12957/tamoios.2018.38509



ISSN: 1980-4490

Periódicos Capes Resultado de imagem para logotipo biblioteca nacional