O DESAFIO DA ATUALIZAÇÃO DOS CONCEITOS DE RURAL E CAMPO NOS LIVROS DIDÁTICOS DE GEOGRAFIA FRENTE ÀS DINÂMICAS ATUAIS DE TRANSFORMAÇÃO ESPACIAL

Maria Rita Ivo de Melo Machado, Mariana Zerbone Alves de Albuquerque

Resumo


As relações rural-urbano, campo-cidade, paisagem urbana e paisagem rural devem ser abordadas no ensino da Geografia Escolar, no segundo ciclo (ou seja, nas turmas do 4º ao 5º ano), de acordo com os PCNs de Geografia. Frente a essa velocidade dos acontecimentos em um mundo globalizado, emerge o desafio de atualização de conceitos a partir de transformações práticas e reais do/no espaço, como o que vem a ser “rural”, foco desta pesquisa. Contudo, a partir de análises de livros didáticos de geografia, tem-se percebido alguns problemas na conceituação e na abordagem sobre o rural na geografia. É a partir desta perspectiva que esta pesquisa tem como objetivo analisar se os livros didáticos do 4º ao 5º ano conseguem explicitar as múltiplas dinâmicas socioeconômicas existentes no espaço rural, além de possibilitar ao aluno a compreensão dos conceitos de rural e de campo. Para desenvolver esta pesquisa foi realizado um resgate teórico a fim de compreender os conceitos de rural e campo, além da análise de duas coleções de livros didáticos comercializados em Pernambuco, com o intuito de realizar análises críticas sobre como esses livros didáticos têm contribuído para a compreensão do rural a partir das dinâmicas atuais de transformação espacial.


Texto completo:

114-129


DOI: https://doi.org/10.12957/tamoios.2016.22351



ISSN: 1980-4490

Periódicos Capes Resultado de imagem para logotipo biblioteca nacional