OS USOS DO TERRITÓRIO E OS CIRCUITOS DA ECONOMIA URBANA: A COMERCIALIZAÇÃO DO PESCADO NO MUNICÍPIO DE NITERÓI (RJ)

Luís de Souza Junior

Resumo


O presente artigo pretende analisar os usos do território sob o prisma dacomercialização do pescado no município de Niterói, região metropolitana doRio de Janeiro. Para tanto, nos pautamos em dois mercados distintos: o SãoPedro, que concentra o pescado de outras regiões, ultrapassando e muito aescala local e o mercado de Itaipu em que o pescado capturado no litoral évendido na praia e nas proximidades da região oceânica de Niterói. Enquanto noprimeiro o nível de capital, organização e tecnologia o coloca frente aoscircuitos superiores da economia do pescado, no segundo o comércio érealizado para a manutenção e existência do grupo de pescadores que trabalhamno local, os colocando no circuito inferior da economia urbana.

Texto completo:

35-57


DOI: https://doi.org/10.12957/tamoios.2015.18133



ISSN: 1980-4490

Periódicos Capes Resultado de imagem para logotipo biblioteca nacional