Big Data no ensino de Contabilidade: uma experiência com estudantes de pós-graduação Lato Sensu

Daniel Ramos Nogueira, Elvis Araujo Albertin, Vitor Hideo Nasu, Claudio Marques

Resumo


A cada segundo, enormes quantidades de dados são geradas, contudo, nem todas transformam-se em informações úteis para o processo decisório. Diversos órgãos internacionais têm argumentado sobre a importância do ensino superior abarcar métodos de tratamento e análise de dados que auxiliem na tomada de decisão. Ciente deste contexto, esta pesquisa objetivou analisar a percepção em relação ao domínio de uso de software para grandes quantidades de dados (big data) com alunos de pós-graduação em contabilidade. A amostra compreendeu 42 estudantes de dois cursos de pós-graduação lato sensu de duas instituições localizadas no Paraná. A coleta de dados ocorreu em dois momentos, com a aplicação de questionários antes e após a realização de um case específico – Ivana’s Ice Cream – para trabalhar conhecimentos de software para big data (Tableau). Conclui-se que o domínio inicial de softwares para visualização e análise de big data reportado pelos alunos era relativamente baixo. Todavia, após o desenvolvimento do case, os estudantes perceberam que houve melhora. Esse comportamento das percepções se manteve mesmo quando observado por sexo, idade e formação acadêmica prévia (graduação) dos participantes. Contribui-se no aspecto educacional ao demonstrar a aplicação de um case prático com uso de Big Data no ensino contábil brasileiro. Em complemento, adiciona-se à literatura brasileira um estudo sobre o incremento de ferramentas para analytics na educação contábil.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12979/rcmccuerj.v25i2.59394



ISSN da versão on-line (atual): 1984-3291
Periodicidade: Quadrimestral
Classificação CAPES: A3

DOAJ