Determinantes da escolha contábil em propriedade para investimento: análise das companhias imobiliárias do Brasil, China e África do Sul

Vinicius de Souza Cotrim, Ercilio Zanolla, Carlos Henrique Silva do Carmo

Resumo


Este trabalho tem como objetivo analisar a escolha contábil (Custo ou Valor Justo) na mensuração das Propriedades para Investimento (PPI) nas companhias do setor imobiliário dos países Brasil, China e África do Sul, durante o período de 2010 a 2017. Efetuou-se a análise descritiva dos dados de 198 (1.123 obs.), e para o modelo econométrico excluíram-se os dados de 36 (195 obs.) das companhias sul africanas pois todas optaram pelo modelo do valor justo. O modelo econométrico utilizado foi logístico longitudinal (Population Average – PA Logit) com 162 (928 obs.) companhias abertas do setor imobiliário brasileiro e chinês. A pesquisa fornece evidências de que a assimetria informacional, os custos de agência e o oportunismo gerencial pode influenciar a escolha dos gestores na escolha pelo modelo do valor justo na mensuração das PPI. As descobertas mais significativas estão associadas ao Price-To-Book. ao percentual de INSIDERS na composição acionária da companhia, a relevância que as PPI possuem em relação ao ativo total da companhia e ao lucro por ação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12979/rcmccuerj.v25i2.59372



ISSN da versão on-line (atual): 1984-3291
Periodicidade: Quadrimestral
Classificação CAPES: A3

DOAJ