O impacto da internacionalização sobre sistemas de controle gerencial: estudo de caso em indústria química estratégica brasileira e de alta tecnologia de ponta

Antonio José Patrocinio Pereira, Josir Simeone Gomes

Resumo


O objetivo desta pesquisa é analisar o impacto provocado pela internacionalização sobre os sistemas de controle gerencial (SCG) em indústria química estratégica brasileira: a Fábrica Carioca de Catalizadores S.A. (FCC). A metodologia utilizada foi qualitativa, de natureza exploratória, utilizando o método de estudo de casos, como base em duas entrevistas, em profundidade com executivos: o coordenador de planejamento controle e gestão; outra com o gerente financeiro, além de consulta a dados secundários. O estudo explora a relação existente entre os SCG da FCC com o plano de referência, buscando evidenciar suas possíveis modificações em função da internacionalização. Os resultados da análise do caso evidenciam que a internacionalização não impactou, novas mudanças nos SCG. Em alguns aspectos são coincidentes com os modelos tradicionais de estratégias de internacionalização e de controle gerencial. Portanto, os controles existentes são capazes e eficazes de identificar oportunidades e ameaças, tanto a nível doméstico como internacional, permitido manter a empresa competitiva, preparada para adequar-se às mudanças. Sugere-se, para pesquisas futuras, aprofundar estudos na própria empresa e replicá-los em outras indústrias químicas estratégicas similares, a fim de identificar quais e como foram os impactos ocorridos no SCG face a internacionalização.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12979/rcmccuerj.v25i1.59247



ISSN da versão on-line (atual): 1984-3291
Periodicidade: Quadrimestral
Classificação CAPES: A3

DOAJ