Editorial (RCMCC, v. 23, n. 3, 2018)

Andréa Paula Osório Duque

Resumo


A mente que se abre a uma nova ideia, jamais

voltará ao seu tamanho original.

Oliver W Holmes

Caros Leitores,

Holmes focou, com muita particularidade, o processo cognitivo de crescimento e mudança comportalmental, a partir de novas ideias, introjetadas em nosso saber diário.

A Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ (RCMCC) lança o volume 23, n. 3, 2018, e pretende oferecer a seus leitores, o caminho que conduz a percepção, ação e mudanças de pontos de vista frente a novas realidades, através dos artigos que compõem o portfólio, como a seguir:

O artigo Fatores determinantes dos honorários de auditoria independente das companhias brasileiras de capital aberto listadas na B3 trabalhou com uma amostra de 215 companhias por ano da análise que evidenciam os montantes de honorários de auditoria referentes aos anos de 2010 a 2016. As informações foram obtidas mediante análise dos formulários de referência das companhias. Os resultados denotam relação positiva e significativa para: tamanho; tipo de auditoria; e participação em mercados externos.

O artigo Análise dos critérios de depreciação das companhias do subsetor de transportes listadas na BOVESPA tem como objetivo analisar os critérios para cálculo e evidenciação da depreciação adotados pelas companhias do subsetor de transportes listadas na Bovespa no período compreendido entre 2012 e 2016 a fim de averiguar o grau de adoção de práticas fiscais nos relatórios financeiros. A amostra da pesquisa foi definida pelo critério de acessibilidade e reuniu trinta e duas companhias de capital aberto.

O artigo Accountability como gestão de reputação: ações do CARF frente a operação zelotes tem o objetivo compreender como o Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (CARF) utilizou estratégias e táticas de gerenciamento de impressões (GI) para gerir sua reputação em termos de accountability. Uma pesquisa exploratória foi realizada, entre setembro e novembro de 2015, por meio da coleta de dados, documentos oficiais e entrevistas, posteriormente analisadas pela técnica de análise de conteúdo.

O artigo Determinantes dos meios de pagamento em aquisições no mercado brasileiro tem utilizou uma amostra com 126 aquisições envolvendo empresas brasileiras, com dados coletados a partir da base de dados Zephyr, Orbis e da Capital IQ, no período de 2010 a 2014. A análise dos dados se deu por meio de testes estatísticos univariados e multivariados, utilizados dois modelos de regressão: o modelo logit multinomial e o modelo Tobit.

O artigo Ajuste a valor justo dos ativos biológicos e a volatilidade dos resultados de empresa brasileiras investiga os efeitos da mensuração a valor justo dos ativos biológicos sobre a volatilidade do resultado anual das empresas brasileiras entre 2010 e 2014. Para a pesquisa, foram selecionadas 41 empresas que possuíam ativos biológicos no período. Foram coletados dados de 25 empresas de capital aberto listadas na B3 e 16 empresas de capital fechado que estavam entre as 500 Maiores e Melhores do Brasil, segundo a Revista Exame.

Boa leitura e que presenciem o surgimento de novas ideias.

Profa. Dra. Andréa Paula Osório Duque

Editora da Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12979/rcmccuerj.v23i3.42839



ISSN da versão on-line (atual): 1984-3291
Periodicidade: Quadrimestral
Classificação CAPES: A3

DOAJ