A "Bahia de Todos os Santos" de Jorge Amado e Maurice Capovilla: na encruzilhada entre guia e documentário

Amanda Danelli Costa

Resumo


Em 1945 Jorge Amado publicou o guia “Bahia de Todos os Santos: guia de ruas e mistérios de Salvador”. Em 1974, à luz do guia, Maurice Capovilla realiza o documentário “Bahia de Todos os Santos”, exibido no mesmo ano no programa Globo Repórter da Rede Globo. O presente artigo visa primeiramente expor os caminhos, em paralelo, de formação e engajamento crítico com a realidade brasileira do romancista e do diretor; e depois cruzar as duas obras, a fim de analisar como as percepções sobre a cultura e o povo baianos, bem como suas tensões expressas no território de Salvador, resultam simultaneamente em particularidades da cultura urbana situadas na cidade e em matéria apropriada pela cultura brasileira.


Palavras-chave


Bahia de Todos os Santos; Jorge Amado; Maurice Capovilla; cultura urbana

Texto completo:

PDF

Referências


AMADO, Jorge. Bahia de Todos os Santos: guia de ruas e mistérios de Salvador. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

BAHIA de Todos os Santos. Direção: Maurice Capovilla. Produção Blimp Film. São Paulo, 1974. (50 minutos) Disponível em: Acessado em: 05 jul. 2020.

BANDEIRA, Manuel. Guia de Ouro Preto. São Paulo: Global, 2015.

BARBERENA, Ricardo Araújo. A cidade desejada e sublimada por Jorge Amado: os lugares imaginados em Bahia de Todos os Santos: guia de ruas e mistérios de Salvador. Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, Brasília, n. 42, p. 103-111, jul./dez. 2013. Disponível em: Acessado em: 05 jul. 2020.

BERNARDET, Jean-Claude. Cineastas e imagens do povo. São Paulo, Companhia das Letras, 2003.

BRAGANÇA, Felipe. “A TV desconhecida: Globo Repórter/Globo Shell Especial”, in Contracampo 39, maio 2002. Acessado em: 05 jul. 2020.

COSTA, Amanda Danelli. “A produção de guias de viagem por intelectuais brasileiros: um ensaio.” In: Glaucio José Marafon; Marina Faccioli; Meylin Alvarado Sánchez. Patrimônio, Território e Turismo: Brasil, Costa Rica e Itália. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2020.

FREYRE, Gilberto. Guia prático, histórico e sentimental da cidade do Recife. São Paulo: Global, 2007.

MATTOS, Carlos Alberto. Maurice Capovilla: a imagem crítica. São Paulo: Imprensa Oficial, 2006.

MILITELLO, Paulo. “A transformação do formato cinedocumentário para o formato teledocumentário na televisão brasileira: o caso Globo Repórter”. São Paulo, USP, 1997. (Dissertação de Mestrado em Ciências da Comunicação).

PORTELA, Eduardo. “A fábula em cinco tempos”. In: Jorge Amado: 30 anos de literatura. São Paulo: Martins Editora, 1961.

QUEIROZ, Vítor. Você já foi à Bahia, nêga? Povo, raça e religião em um projeto artístico vitorioso. Novos Olhares Sociais, vol. 2 , n. 1, 2019, pp. 150-180. Disponível em: Acessado em: 05 jul. 2020.

RAILLARD, Alice. Conversando com Jorge Amado. Rio de Janeiro: Record, 1990.

ROMERO, José Luís. América Latina: as cidades e as idéias. Rio de Janeiro: Ed. UFRJ, 2009.

SODRÉ, Nelson Werneck. Orientações do pensamento brasileiro. Rio de Janeiro: Editora Vecchi, 1942.

TÁTI, Miécio. Jorge Amado: vida e obra. Belo Horizonte: Editora Itatiaia, 1961.

TAVARES, Paulo. O baiano Jorge Amado e sua obra. Rio de Janeiro: Editora Record, 1980.

TOSI, J. Entrevista com Maurice Capovilla In: Dossiê Maurice Capovilla. Contracampo, n.21, jul. 2006. Disponível em: Acessado em: 05 jul. 2020. VELLOSO, Mônica Pimenta. As tias baianas tomam conta do pedaço. Espaço e identidade cultural no Rio de Janeiro. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, vol.3, n.6, 1990, pp. 207-228.

ZAOUAL, Hassan. O homo situs e suas perspectivas paradigmáticas. OIKOS, vol.9, n.1, 2010. Disponível em: Acessado em: 05 jul. 2020.




DOI: https://doi.org/10.12957/transversos.2020.52485

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Autor concedendo à Revista Transversos o direito de primeira publicação.

REVISTA TRANSVERSOS - ISSN:2179-7528

Laboratório de Estudos das Diferenças e Desigualdades Sociais - UERJ

Campus Francisco Negrão de Lima - Pavilhão João Lyra Filho Rua São Francisco Xavier, 524 - 9° andar - Bloco D, sala 6.

http://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/transversos