Metendo o negro na História: a participação do (africano) na formação do “brasileiro”, na visão de Sílvio Romero

Cicero João Costa

Resumo


Nos Projetos de Brasis a temática racial foi sempre parte integrante de um discurso nacional, que surgia em tempos de crise econômica e política. Intérprete importante da Geração 1870, Sílvio Romero de forma inédita buscou analisar a participação do africano na formação do caráter brasileiro. Sem a formação de campos hoje rigidamente delimitados, o bacharel investiu numa análise minuciosa em busca do lugar, e assim, da participação do africano na História do Brasil. Crente nas teorias do determinismo, do evolucionismo e do positivismo, Sílvio coligiu o amplo quadro cultural, em busca da contribuição de cada uma das raças. Era de suma importância investigar as raízes nacionais, para apontar as causas do atraso do país e anotar os remédios para sua superação. A temática racial foi o grande argumento por parte da elite brasileira na justificativa do atraso do país.

Palavras-chaves: Brasil, Sílvio Romero, raça.


Palavras-chave


Raça; Nação; Crítica literária; Brasil; Segunda metade do Século XIX

Texto completo:

PDF

Referências


ALONSO, Ângela. Ideias em movimento: a geração 1870 na crise do Brasil - Império. São Paulo: Paz e Terra, 2002.

AZEVEDO, Célia Maria Marinho de. Onda negra medo branco: o negro no imaginário das elites século XIX. 3ª ed. São Paulo: Annablume, 2004.

CANDIDO, Antônio. Introdução ao método crítico de Silvio Romero. São Paulo: Tese/FFLCH, 1945.

________Sílvio Romero: Teoria, Crítica e História literária. Rio de Janeiro: livros técnicos e científicos; São Paulo: Edusp, 1978.

CERTEAU, Michel de. A beleza do morto. In: A cultura no plural. São Paulo: Papirus, 1995.

LEITE, Dante Moreira. O caráter nacional brasileiro: história de uma ideologia. São Paulo: Pioneira, 1976.

ROMERO, Sílvio. Estudos sobre a poesia popular no Brasil. Petrópolis: vozes, 1977. (1ª. Ed. 1889)

________Folclore brasileiro: contos populares do Brasil. Belo Horizonte: Ed. Itatiaia; São Paulo: Ed. da Universidade de São Paulo. (1ª Ed. 1885)

______História da Literatura Brasileira. I, II, III. Rio de Janeiro: José Olímpio, 1960. (1ª. Ed. 1888)

______O Brasil social e outros estudos sociológicos. Brasília: Senado Federal, 2001. (1ª Ed. 1908)

MATOS, Claudia Neiva de. A poesia popular na república das letras: Silvio Romero Folclorista. Rio de Janeiro: Funarte / Ed. da UFRJ, 1994.

MENDONÇA, Carlos Sussekind de. Silvio Romero: sua formação intelectual (1851 -1880). São Paulo: Ed. Nacional, 1938.

NETO, A.L. Machado. Estrutura social da república das letras: sociologia da vida intelectual brasileira. 1870-1930. São Paulo: Edusp / Grijalbo, 1993.

RABELLO, Sylvio. Itinerário de Silvio Romero. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1967.

SCHWARCZ, Lilia Moritz. O espetáculo das raças: cientistas, instituições e questão racial no Brasil. 1870-1930. São Paulo: Cia das Letras, 1993.

SEYFERTY, Giralda. Colonização, imigração e a questão racial no Brasil. REVISTA USP, São Paulo, n.53, p. 117-149, março/maio 2002.




DOI: https://doi.org/10.12957/transversos.2018.34631

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista TransVersos

ISSN:2179-7528