As tragédias dos bairros onde moram

Vera Malaguti Batista

Resumo


 

DOI:  10.12957/transversos.2018.33656


O presente artigo trata dos desafios da "transição democrática" no Brasil a partir das permanências históricas do autoritarismo presentes na colonização, na escravidão e na constituição de uma República que aposta na manipulação do povo brasileiro contra seus desejos de emancipação e protagonismo político. Assistimos, com relação à questão criminal, a passagem de uma resistência à truculência no fim da ditadura à sua naturalização e agora ao  aplauso legitimado pela "guerra às drogas" e o deslocamento do "inimigo interno" dos "subversivos" para os "traficantes". O GTNM-RJ constituiu-se nesse cenário em "dique utópico à barbárie" ao compreender as novas demandas por ordem e posicionar-se firmemente na luta pelos direitos atingidos pelas políticas criminais contemporâneas.

 

Palavras-chaveviolência, controle social, criminologia, direito


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/transversos.2018.33656

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista TransVersos

REVISTA TRANSVERSOS - ISSN:2179-7528

Laboratório de Estudos das Diferenças e Desigualdades Sociais - UERJ

Campus Francisco Negrão de Lima - Pavilhão João Lyra Filho Rua São Francisco Xavier, 524 - 9° andar - Bloco D, sala 6.

http://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/transversos