COMUNICAÇÃO: UMA HISTÓRIA DO TEMPO PASSANDO

Marialva Carlos Barbosa

Resumo


DOI: 10.12957/transversos.2017.30932

O artigo se propõe a refletir sobre a especificidade presentista dos estudos de Comunicação, mostrando que a análise de fenômenos contemporâneos constrói uma reflexão importante para perceber – passadas quatro décadas de pesquisas pós-graduandas na área – uma história de um presente contínuo em relação aos processos desenvolvidos em torno dos meios de comunicação (ou da mídia). As reflexões centram-se na análise de processos que impactam o cotidiano e as práticas sociais e culturais existentes no momento de sua análise o que faz a produção científica da área ser não sobre uma história do tempo presente, mas sobretudo uma história do tempo passando.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/transversos.2017.30932

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais

REVISTA TRANSVERSOS - ISSN:2179-7528

Laboratório de Estudos das Diferenças e Desigualdades Sociais - UERJ

Campus Francisco Negrão de Lima - Pavilhão João Lyra Filho Rua São Francisco Xavier, 524 - 9° andar - Bloco D, sala 6.

http://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/transversos