ESCRAVIDÃO E BENS NO RECIFE NO LIMIAR DO SÉCULO XIX

Gian Carlo de Melo Silva

Resumo


Neste artigo vamos caminhar pelo campo da economia. Apresentaremos dados referentes aos valores de escravos encontrados nos inventários existentes para o Recife na segunda metade do século XVIII e início do XIX. O nosso principal intuito é observar quais as variações dos preços de cativos na época, comparando dados na África e em Pernambuco. A partir de tais dados intentamos materializar o significado de possuir um cativo e o que tal posse significou em pecúlio quando comparado com outros bens, desde morada de casas até aos adornos de ouro.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais

REVISTA TRANSVERSOS - ISSN:2179-7528

Laboratório de Estudos das Diferenças e Desigualdades Sociais - UERJ

Campus Francisco Negrão de Lima - Pavilhão João Lyra Filho Rua São Francisco Xavier, 524 - 9° andar - Bloco D, sala 6.

http://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/transversos