O “GILLE” DE BINCHE: UM EMBLEMA IDENTITÁRIO

Clémence Mathieu

Resumo


<doi>10.12957/tecap.2014.16254

Em finais de 2013 o Musée International du Carnaval et du Masque, situado na cidade de Binche, na Bélgica, realizou uma exposição intitulada Hom(m)e Gille Hom(m)e sobre o mais famoso personagem do carnaval da cidade. Conhecido como Gille, essa figura resume em suas indumentária e atitudes “tradicionais” muitas das tensões, dos sonhos e projetos dos habitantes da cidade. Parte integrante da exposição, as fotos de Olivier Desart tomadas nos lares e espaços privados dos habitantes da pequena cidade belga traçam um instigante paralelo entre a intimidade cotidiana e a festa pública carnavalesca que, em última instância, resume a identidade de Binche. A presença em todas as fotos de ícones remetendo à figura do Gille estabelece uma espécie de conexão entre a “normalidade” do dia a dia e a “loucura” da festa carnavalesca.

 


Palavras-chave


CARNAVAL, GILLES, BINCHE, BÉLGICA

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/tecap.2014.16254

Apontamentos

  • Não há apontamentos.