CONSTRUÇÃO E PERPETUAÇÃO DA MEMÓRIA DE CARNAVALESCOS (CANTORES E COMPOSITORES) EM CEMITÉRIOS CARIOCAS (1937-2005)

Alberto Gawryszewski

Resumo


<doi>10.12957/tecap.2014.16249

O cemitério é espaço privilegiado para o uso da história, pois se trata de local de guarda de memórias claramente definidas em monumentos repletos de signos. Este trabalho relaciona o uso desse espaço urbano específico à construção da memória de personalidades ligadas à música e ao carnaval carioca. Duas vias são estabelecidas: a composição das sepulturas com seus símbolos, significados e mensagens; e a recepção, (re)construção e perpetuação da memória pelos visitantes dessas sepulturas. Epitáfios, signos, fotografias e outras marcas que estão presentes nas sepulturas muito nos ajudam a compor o tipo de memória que se procurou perpetuar e qual relação se pretendeu estabelecer entre o vivo (fã/visitante) e o morto (artista).


Palavras-chave


CARNAVAL, CEMITÉRIO, SEPULTURAS, SÍMBOLOS

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/tecap.2014.16249

Apontamentos

  • Não há apontamentos.