DEUS E O DIABO NO NORDESTE DE GLAUBER

Jorge Cruz

Resumo


Neste texto, discutiremos como Glauber Rocha (1939-1981), em Deus e o Diabo na Terra do Sol (1964), se apropria de alguns elementos populares do nordeste brasileiro, muito comuns na primeira metade do século 20, e que ocorrem ainda hoje, para criar um épico do sertão, uma luta entre forças poderosas, em estudo que trata das relações entre o roteiro (texto escrito) e a imagem projetada, pela análise de uma seqüência do filme, e assim retoma o método de Glauber, a partir do roteiro escrito e comentado por ele, e do próprio filme


Palavras-chave


GLAUBER ROCHA; ROTEIRO CINEMATOGRÁFICO; CULTURA POPULAR; NORDESTE

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.