TARITUBA: UM LUGAR COM MUITAS CONCHAS

Eleonora Gabriel

Resumo


Foi num banho de mar em Tarituba que a Companhia Folcló­rica do Rio-UFRJ revelou para si a possibilidade de transmis­são de saberes que vão e vêm como as ondas, levando à educa­ção e à arte um balanço de mãos dadas para dançar cirandas. Uma história de encontro da alteridade que virou diversidade, alegria e identidade na UFRJ e em Tarituba – um lugar com muitas conchas


Palavras-chave


CIRANDAS; TARITUBA; UNIVERSIDADE

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.