A PROBLEMÁTICA DAS “ORIGENS” DO MARACATU NAÇÃO

Marcelo Mac Cord

Resumo


A bibliografia especializada, principalmente aquela que se dedica aos estudos do folclore e das culturas populares, afirma que o maracatu conhecido como nação, tradicional ou baque-virado descende das antigas coroações do rei do Congo. No transcorrer da segunda metade do século XIX, o primeiro festejo teria “substituído” o outro, por conta das mudanças sociais e “modernizações” que se operavam em Pernambuco. Alguns autores defendem que, neste processo histórico, a “essência” ancestral africana teria sobrevivido no maracatu dito tradicional. Outros analistas entenderam que a diacronia gerou um novo folguedo, que, comparado com a sua matriz, era culturalmente “degenerado”. Neste artigo, demonstrarei que quaisquer das perspectivas de “consecução” é problemática.

Palavras-chave


MARACATU, REIS NEGROS, COROAÇÃO DO REI DO CONGO

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.