A CULTURA MATERIAL DA CAPOEIRA NO RIO DE JANEIRO NO PRIMEIRO QUARTEL DO SÉCULO XIX: UMA ANÁLISE A PARTIR DA LITOGRAFIA JOGAR CAPOËRA OU DANSE DE LA GUERRE, DE RUGENDAS

Ricardo Martins Porto Lussac

Resumo


DOI: http://dx.doi.org/10.12957/tecap.2013.10179

O artigo investiga a história da cultura material da capoeira a fim de compreender o processo de ensino/aprendizagem do jogo-luta no Rio de Janeiro no primeiro quartel do século XIX, propiciando, indiretamente, aprofundamento e maior conhecimento de sua prática hodierna como cultura imaterial e patrimônio, e de seus respectivos processos pedagógicos no decorrer da história. A pesquisa teve seu foco objetivo na cultura material da capoeira a partir da análise da litografia Jogar Capoëra ou danse de la guerre, deRugendas. Este trabalho ilumina preliminar e parcialmente a complexa relação dos sujeitos que desenvolveram o modo de fazer capoeira – cultura imaterial – com os objetos, materiais e ambientes que compuseram a cultura material do jogo-luta e suas respectivas simbologias.


Palavras-chave


CULTURA MATERIAL, ICONOGRAFIA, CAPOEIRA, HISTÓRIA.

Texto completo:

PDF HTML


DOI: https://doi.org/10.12957/tecap.2013.10179

Apontamentos

  • Não há apontamentos.