A VALORIZAÇÃO DA TERRA E A ESPECULAÇÃO IMOBILIÁRIA: AS TRANSFORMAÇÕES DO MERCADO DE TERRAS URBANAS EM NITERÓI, SÃO GONÇALO, ITABORAÍ E MARICÁ NA NOVA CONJUNTURA DE PRODUÇÃO FLEXÍVEL

Oséias Teixeira da Silva

Resumo


Este trabalho busca tecer considerações sobre o mercado de terras urbanas na região metropolitana do Rio de Janeiro, focando as possíveis transformações decorrentes da instalação do Comperj (Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro). Tal movimento expressa uma nova forma de valorização do solo, em um contexto de reestruturação produtiva, principalmente nos municípios diretamente envolvidos nesse projeto, como: Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá; bem como nos municípios localizados no entorno do empreendimento, situados na bacia hidrográfica do Rio Macacu. Esse estudo, portanto, procura evidenciar a importância do mercado de terras urbanas dentro das novas dinâmicas de acumulação flexível do capital. Esta pesquisa se realiza no âmbito do grupo de pesquisa território e regionalização econômica no Estado do Rio de Janeiro.

Palavras chave: espaço urbano; terra urbana; capital imobiliário.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/tamoios.2008.656



ISSN: 1980-4490

 Resultado de imagem para logotipo biblioteca nacional     Portal de Periódicos da CAPES