METAMORFOSES DO TRABALHO NO ESTADO DO MATO GROSSO - BRASIL

Luiz Felipe Ferrari Cerqueira de Farias

Resumo


O objetivo deste artigo é investigar traços fundamentais do processo de formação da classe trabalhadora subordinada ao agronegócio no estado do Mato Grosso. Com base em uma revisão bibliográfica acerca da região e em dados dos Censos Demográficos e da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do Ministério do Trabalho, analisaremos as transformações dos fluxos migratórios e do perfil dos trabalhadores que se dirigiram ao Mato Grosso desde 1960 até o presente momento. Em meio à expansão da cultura da soja e do complexo agroindustrial carnes/grãos durante as últimas décadas, destacaremos a permanência de um estado de inquietação social crônico dentre estes trabalhadores.


Palavras-chave


Agronegócio; Trabalho rural; Trabalho agroindustrial

Texto completo:

117-143


DOI: https://doi.org/10.12957/tamoios.2022.63798

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

ISSN: 1980-4490

 Resultado de imagem para logotipo biblioteca nacional     Portal de Periódicos da CAPES