DINÂMICAS SÓCIO-ESPACIAIS DA REGIÃO METROPOLITANA DA GRNADE VITÓRIA-ES

Ana Lucy Oliveira Freire

Resumo


O processo de urbanização brasileira revela que são muitas as mudanças, as quais resultam em uma nova configuração sócio-espacial, desta vez, atendendo diferentes interesses e novos agentes que vislumbram a inserção na economia globalizada. No âmbito das novas tendências e mutações, verifica-se uma metropolização que acirra exclusão social, provoca uma maior mobilidade sócio-espacial seletiva, orienta investimentos públicos e privados excluindo lugares da metrópole, acirra a violência urbana e provoca maior degradação ambiental, dentre outros ditos problemas urbanos, constituindo-se numa problemática metropolitana. Nesse sentido, esse trabalho objetiva entender e analisar a reorganização do espaço urbano da cidade de Vitória-ES, e em especial a nova fase do processo de urbanização, expressando-se por uma metropolização de caráter desigual.

PALAVRAS-CHAVE: dinâmica urbana, área  metropolitana, globalização.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/tamoios.2007.619



ISSN: 1980-4490

Periódicos Capes Resultado de imagem para logotipo biblioteca nacional